sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

AMORdernidade


Um comentário:

  1. Amar em códigos
    O amor é um labirinto
    Tudo com cara nova
    Mas velhinho né não?

    ResponderExcluir